Portal Pinzón | O seu portal de Pernambuco

Pernambuco - Brasil

Terça, 29 de Julho 2014.



COLUNISTAS

Paiva Netto EscrevePaiva Netto

10/03/2011 01:00:51

Reflexão e Atitude

O Mapa da Violência 2011, divulgado na quinta-feira, 24/2, pelo Ministério da Justiça, merece a atenção de todos nós. Ninguém pode ficar indiferente, por exemplo, a começar pelos dias de carnaval, à violência que atinge nossa juventude. Vejam: de 1998 a 2008, 39,7% das mortes de jovens no Brasil foram provocadas por homicídios. Segundo o estudo, no ano de 2008, em 100 mil mortos, 52,9% eram jovens. Estou de acordo com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, quando afirma que esse quadro exige das autoridades públicas profunda reflexão.
No livro “Dialética da Boa Vontade” (1987), já me expressava sobre essa lamentável realidade: Todos estão profundamente preocupados com a selvageria que campeia na Terra, à cata de uma solução para pelo menos diminuir a violência, que saiu dos lugares ocultos, das madrugadas escuras, ganhou as ruas e os lares, pois invadiu as mentes. Contudo, hoje, cresce o entendimento de que, se há violência, não é só problema dos governos, das organizações policiais marcantemente, porém um desafio para todos nós, sociedade. Se ela saiu da noite escura e mostrou-se à luz do dia, é porque habita o íntimo de muitas criaturas. Existindo nas almas e nos corações, se fará presente onde estiver o Ser Humano.
É, portanto, no íntimo da criatura que, em primeiro lugar, deve ser combatida.

ÁLCOOL NO BANCO DOS RÉUS
Outra notícia lastimável é a constante do “Relatório Global 2011 da Situação sobre Álcool e Saúde”, revelado também em fevereiro pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Ele adverte que, aproximadamente, 4% das mortes ocorridas no mundo estão relacionadas ao uso do álcool. São 2,5 milhões de pessoas, superando óbitos decorrentes de doenças como aids e tuberculose, até mesmo os números da própria violência urbana. O álcool em excesso está intrinsecamente ligado a problemas psiquiátricos, epilepsia, cirrose, enfermidades cardiovasculares e vários tipos de câncer.
Vale aqui transcrever a palavra de um amigo meu, Flexa Dourada (Espírito): “O organismo humano não foi criado para consumir álcool”. A sinalização disso encontra-se nos índices da OMS.

PROFESSOR NISKIER
Na quinta-feira, 24/2, recebi na LBV, no Rio de Janeiro, a visita de Arnaldo Niskier, ilustre membro da Academia Brasileira de Letras e quatro vezes secretário de Educação e Cultura do Estado do Rio. Nossa amizade data da década de 1950. Mantivemos descontraído bate-papo. Recordamos momentos e fatos importantes, desde os tempos da “Manchete”, quando nos conhecemos. Professor Niskier, um forte abraço.

REITOR DA USP VISITA A LBV
Outro visitante ilustre foi o nobre Reitor da USP, o professor João Grandino Rodas. Na sexta-feira, 25/2, ele conheceu o conjunto educacional e o de comunicação da LBV em São Paulo. No Livro do Coração da Supercreche Jesus, registrou: “Tenho estado vinculado à área educacional por várias décadas, mas me surpreendi com minha visita à escola da LBV. Realmente, aqui se preparam pessoas integralmente. Com todo o subsídio recebido, não somente das aulas, mas também dos exemplos, os formandos por esta escola contribuirão, decisivamente, para um Brasil e um mundo melhores. Parabéns a todos os envolvidos nesse projeto”.
Meus agradecimentos ao digno professor João Grandino Rodas.

70 ANOS
Completo, amanhã (2/3), 70 anos. Ao soprar as velas, é comum fazermos um pedido. O meu é o de que o mundo encontre o caminho da verdadeira Paz. Não é um sonho. Podemos conquistá-la. Grato pelas manifestações.

MOACYR SCLIAR
Encerro este artigo pedindo a Deus que tenha em excelente lugar o Espírito do amigo dr. Moacyr Scliar, médico e escritor gaúcho de notável talento. Ele retornou no domingo (27/2) ao Mundo Espiritual. Aos seus entes queridos, nossa Solidariedade.


José de Paiva Netto, jornalista, radialista e escritor.
paivanetto@lbv.org.br – www.boavontade.com

Paiva Netto


© 2000 - 2013. pinzon.com.br | Todos os direitos reservados.

by nuvon | www.nuvon.com.br